TanTien, introdução

O método do Tai Chi Chuan Yang tradicional, é um estilo de kung fu da escola interna,com a característica de grande amplitude dos movimentos, das posturas alongadas. Incentiva a criatividade, pelo uso rotineiro da imaginação desenvolvida na didática, que é orientada para que  uma visão periférica condizente com os gestos bem amplos e abertos, permita maior segurança, porque propicia a visão total do adversário imaginário. Isso para se obter um melhor ajuste técnico nas posturas do ensinamento tradicional.  O entendimento da tradição exige do praticante uma entrega para seguir e ajustar os seus próprios movimentos, harmonizando-os com os demais praticantes do grupo.

A Humildade é uma ferramenta indispensável para o crescimento do ser humano. A Humildade é a busca da Verdade. Importante observar que a Verdade é por si completa. Designá-la como absoluta é afirmar, o que está contido em si mesmo, enquanto Verdade. Portanto, os conceitos que dermos serão desnecessários, por ela ser completa em si mesma.

 A Verdade expressa  exatamente o que é, o que sempre foi e o que sempre será, o suficiente e necessário. O Tao é muitas vezes traduzido como o verdadeiro caminho,o que pode ser interpretado como a Verdade contida na existência, o verdadeiro caminho que a tudo contém e está contido em si mesmo.

Então, o Tao é como a Verdade enquanto caminho, ambos são a essência de si e do que expressam, sempre o mesmo padrão sem que exista qualquer outra possibilidade, nada pode contrapor ao caminho perfeito ou a Verdade. A Verdade e o caminho perfeito são equivalentes nos princípios que expressam.

Na escala dos sentidos com os quais percebemos o universo, o meio-ambiente onde os fenômenos que podemos perceber ocorrem. Nas nossas situações que vivemos na atividade diária que realizamos. Existe para nós, por intermédio dos sentidos educados para buscar ação de harmonia, a possibilidade de intuirmos a melhor resposta. Nos exercícios do Tai Chi Chuan desde a distribuição do peso corporal associado com a respiração, o mais básico, coordenar a troca gasosa, a respiração, inspirar e expirar de maneira natural com o abdômen, no mesmo instante que a troca do peso corporal; Assim, com os movimentos corporais, sem pausa, sem reter nas fases respiratórias, entre a expiração (exalação) e a inspiração (inalação).

Finalizando as etapas, até a etapa máxima e final do desenvolvimento da arte que o praticante pode atingir o estado referido pelos mestres, o estado de mente vazia. A evolução é feita em etapas somadas das práticas diárias, de maneira cumulativa. A melhor qualidade é conseguida com o uso de nossa percepção.

A primeira providência é equipar a mente de dado relevante para a seletividade que é feita instantaneamente enquanto estão sendo realizados os movimentos da série do Tai Chi Chuan. Quais dados são importantes? O principal para assimilar com mais velocidade qualquer conhecimento desconhecido é ter a mente orientada por uma consciência universal. A tolerância complementa a humildade.

A compreensão da humildade é a primeira providência para o autoconhecimento, pois com ela a investigação em busca da verdade tem eficácia. A eficiência da própria humildade, fonte de energia psíquica com vibração de grande intensidade, por causa da expansão que é obtida pelo fato da mente relaxar. O relaxamento do corpo e da mente influem nas emoções e sentimentos trazendo benefícios para as funções orgânicas. A Humildade é agir em um tempo de idade correspondente a experiência espiritual acumulada nas mil idades do ser.

A experiência espiritual transmitida junto ao material genético. Integrante da Lei de Sobrevivência da espécie humana. Importante para a evolução da humanidade, porque, contém dado de toda experiência armazenada no estado de caos do subconsciente do ser humano que é transmitida. A consciência, resgata uma parcela maior desse material desordenado, e ordena em concordância com as nossas buscas, o que aumenta a chance de uma melhor resposta. A melhor resposta que podemos dar quando solicitados; O Tao da ação que conduz a harmonia na conclusão. Nós temos esse recurso de usarmos a experiência de nossos antepassados acumulada ao longo das inúmeras gerações passadas.

O corpo é a expansão da mente. O corpo físico formado pelo sistema nervoso central, o centro de comando, que reúne o conteúdo das informações. Uma parcela dele corresponde ao material herdado da memória elétrica e da memória química. Todas as emoções com as quais sejam associados, e também de suas intensidades, produzidos por cada situação vivida pelos ancestrais. As experiências espirituais produzem sinais de memória que são registrados junto com o que existe empacotado no caos subconsciente.

A memorização do Tai Chi Chuan é pelo método da experiência da busca dos sinais dos sentidos do corpo quando se realiza os movimentos. A repetição conduz ao aprendizado de seguir o melhor caminho entre um e outro. O bem-estar é a referência e a motivação para repetir.

TanTien

TanTien, sobre

TanTien,introdução

TanTien.poesia tai chi

Márcio Lacerda

www.TaiChiChuanBrasil.com.br

Uma resposta to “TanTien, introdução”

  1. Hello world! « TanTien Says:

    […] TanTien, introdução […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: